XD ODONTOLOGIA

XD ODONTOLOGIA
Estrada do Galeão, Nº 961, Loja G - Jardim Guanabara (Ilha do Governador)

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

PREVENIR É A MELHOR OPÇÃO


A saúde bucal é um ponto muito importante e fundamental que reflete diretamente na saúde como um todo, porém, segundo estudos, podemos constatar que a mesma é ignorada por grande parte da população brasileira.
Um sorriso harmônico eleva a autoestima de qualquer pessoa, mas cuidar da saúde bucal não é apenas uma questão de estética.
Problemas como uma "simples" cárie não tratada podem trazer sérias consequências. Apenas cuidando corretamente dos dentes, língua e gengiva pode-se prevenir mau hálito e diversos problemas causados por bactérias que se alojam na boca, como tártaro e gengivite.
Ir ao consultório odontológico apenas em casos de urgência é um habito muito errôneo que a maioria dos brasileiros possuem, não espere surgir um problema para  marcar uma consulta.
A visita regular o cirurgião dentista é de suma importância para manter o meio bucal adequado, pois a prevenção ainda é a maneira mais econômica e menos dolorosa de cuidar dos dentes.

Autora: Andressa Pimenta (Periodontista - Formada pela em Odontologia pela Unigranrio/RJ)

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Ronco e Apnéia Obstrutiva do Sono: Males não tão silenciosos.






















O Ronco pode ser extremamente irritante para quem está ao seu lado e geralmente ele não é levado tão a sério pelas pessoas, mas o que poucos sabem é que pode indicar uma condição muito perigosa: a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) onde a pessoa para de respirar por mais de 10 segundos por mais de 5x por hora enquanto dorme. Cada vez que ocorre uma apneia, para que o indivíduo não morra por sufocamento, o seu organismo o faz despertar a fim de que consiga respirar. O ronco é um sintoma clássico da SAOS, consiste no ar passando com dificuldade pela garganta fazendo-a vibrar, provocando assim o som característico.

É importante salientar que nem todo roncador é necessariamente apnéico, entretanto, este é um forte candidato a desenvolver SAOS. Cansaço e sonolência diurna oriunda de um sono agitado, dores de cabeça matinais, micção noturna frequente, irritabilidade, dificuldades de concentração, problemas de memória e dificuldades de aprendizado também são outros sintomas desse distúrbio do sono. Entre as consequências da SAOS estão os picos de hipertensão, diabetes, impotência sexual, depressão, AVC’s, aterosclerose e problemas cardíacos, ocasionados pela queda de oxigênio no sangue e a alta liberação de hormônios do stress (como adrenalina e cortisol). Tais problemas muitas vezes são tratados individualmente e apresentam pouca resposta ao tratamento, pois a sua causa primaria (SAOS) não é eliminada.

A apneia obstrutiva do sono e o ronco podem ser ocasionados por diversos fatores. Entre eles o sobrepeso, pois o acúmulo de gordura na região do pescoço dificulta a passagem do ar, logo, ter uma alimentação saudável associada a pratica de atividades físicas podem lhe garantir noites de sono melhores e melhor qualidade de vida. Amígdalas maiores que o normal também causam obstrução aérea, principalmente em crianças, nesses casos, consultar um otorrino é de suma importância. O hábito de dormir “de barriga para cima” favorece o desabamento da musculatura lingual, portanto, dormir de lado é sempre recomendado. O uso de medicações (hipnóticos, ansiolíticos, relaxantes musculares) e álcool também favorecem o problema, já que promovem maior relaxamento da musculatura. E, por fim, o envelhecimento torna-se um fator agravante de todos os já citados, pois reduz naturalmente o tônus muscular.

Um dos tratamentos para a SAOS são os aparelhos intra orais, dispositivos semelhantes aos aparelhos ortodônticos móveis confeccionados pelo dentista, práticos, portáteis e de fácil adaptação. Outra opção é a terapia fonoaudiológica, que consiste em exercícios para reposicionamento e fortalecimento da musculatura da língua e da garganta, proporcionam o conforto de um sono sem aparelhos, porém, assim como os exercícios de academia são para a vida toda. Associados os dois tratamentos podem apresentar excelentes resultados.
Portanto, se alguém se queixa do seu ronco ou ele é motivo de brincadeiras na família, talvez valha a pena se atentar. Procure seu Cirurgião Dentista, ele pedirá exames para constatar se você é portador da SAOS e iniciará o quanto antes a intervenção.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Ortodontia: Uma Nova Forma de Tratar


A busca por tratamento mais rápido e eficiente é uma realidade atual, num mundo conectado e digital e, por essa razão, a Ortodontia, o uso de aparelhos ortodônticos, está evoluindo e o Sistema Damon é a mais nova tecnologia.  Trata-se de um Sistema Passivo que elimina a necessidade de elásticos, utilizando arcos ou fios tecnológicos que movem os dentes mais rapidamente.
O que torna o Sistema Damon diferente? Por exercer forças menores, porém mais constantes que os aparelhos comuns, o tratamento se torna mais rápido e menos doloroso. Outra vantagem é a redução da necessidade de extrações dentárias e maior facilidade de higienização, favorecida pelo seu design. O resultado dessa inovação é a redução significativa da quantidade de consultas, com maior comodidade e conforto, promovendo melhores resultados em menos tempo.
Outra novidade é o Smart Aligner, uma alternativa na correção ortodôntica para casos menos complexos. É um alinhador que tem como função realizar movimentações dentárias por fases e em cada fase ocorre um tipo de movimentação. Por reposicionar os dentes passo a passo para alcançar o sorriso ideal, há uma redução significativa da dor e do desconforto de um tratamento ortodôntico usual. O Smart Aligner é transparente, praticamente invisível (dispensa o uso de braquetes e fios metálicos), além de ser removível (podendo ser retirado durante a alimentação, escovação dos dentes e uso do fio dental), o que promove excelente estética, conforto, bem como favorece a higiene bucal.
Uma respiração inadequada e o mau posicionamento dos lábios, língua e bochechas podem influenciar negativamente o posicionamento dos nossos dentes. Por isso, é de extrema importância a reeducação dessa musculatura, a fim de que não haja recidiva do tratamento ortodôntico, principalmente após a remoção da contenção ortodôntica (reduzindo, inclusive, o tempo de uso da mesma).
Além disso, uma boa reabilitação neuromuscular, concomitante ao uso do aparelho, tende a otimizar ainda mais o tempo de tratamento, uma vez que forma (posicionamento dos dentes) e função (ação dos músculos bucais e da face) estarão em total harmonia. Pensando no seu tempo e na qualidade do seu sorriso, nossa equipe conta com um Fonoaudiólogo, profissional responsável por essa reabilitação.
Possuir dentes bem posicionados e harmonizados com as funções bucais além de fornecer um belíssimo sorriso, pode aumentar a autoestima em qualquer idade, assim como melhorar a saúde e bem estar como um todo.

A Clínica XD Odontologia oferece essa inovadora forma de tratar. Procure-nos, aguardamos a sua visita.



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Cuidados Necessários com a Escova de Dentes

Sangue, restos de comida, coliformes fecais, HPV e Herpes tipo 1, fungos, são algumas das coisas encontradas nas escovas de dentes.
Então, se você acha que sua escova está limpa apenas lavando-a com água, está enganado. Nós engolimos várias “sujeiras” todos os dias.
Para que a escova de dentes faça corretamente o seu trabalho, prevenindo o acúmulo de placa bacteriana causadora de tártaro, de cárie e doenças periodontais, devemos trocá-la regularmente, alguns especialistas sugerem trocar a escova de dentes a cada três meses, porém se as cerdas estiverem desgastadas a escova deve ser trocada antes, para limpar a boca com eficácia. Existem escovas que têm marcações nas cerdas, assim é mais fácil identificar o momento certo de trocar a sua escova.
Uma escova nova remove 30% mais placa que uma escova usada.
É essencial que a escova seja macia para não agredir a gengiva nem danificar o esmalte dos dentes, e deve ter a cabeça pequena para alcançar os últimos dentes limpando devidamente.
Quanto mais simples for a escova, mais fácil sua higienização, dificultando a proliferação de bactérias.
A troca da escova se deve não apenas pelo desgaste das cerdas, mas também pelo acúmulo de bactérias, que podem causar infecção na boca.
Também é aconselhável trocar as escovas sempre depois de passar por uma doença infecciosa, como resfriados, gripes, herpes, mononucleose, para não causar reinfecção, já que as bactérias se alojam nas cerdas da escova.
Cuidado com sangramentos, pois facilita a entrada de bactérias na corrente sanguínea, provocando doenças cardíacas, como a endocardite bacteriana.
Complicações mais sérias como a periodontite, um possível tratamento de canal, até câncer de boca são causas de uma má higiene bucal.
Limpe corretamente sua escova após a escovação, com água corrente e retirando o excesso de água, pingue nas cerdas ou deixe a escova submersa no antisséptico bucal por 20 minutos, ele protege as escovas entre as escovações.
Use capinhas para proteger a cabeça da escova, e a capinha também deve ser limpa diariamente com antisséptico bucal.
Antes de começar o processo de escovação lave as mãos com água e sabão e retire o resíduo de enxaguante bucal da escova de dentes, aproveite e faça um bochecho para eliminar o resto de comida da boca.
Não deixe sua escova entrar em contato com outras escovas, as bactérias pulam de escova em escova se misturando e fazendo a festa.
E nada de usar escovas alheias, elas são de uso pessoal. Uma escova não limpará o suficiente uma boca se ela já limpou outra.
Não deixa a escova perto do vaso sanitário, quando damos descarga, mesmo com a tampa fechada milhões de coliformes fecais (nano-cocos) são lançados no ar, podendo pousar da escova ou na toalha de banho.
Evite lugares úmidos, eles são um covil para proliferação de bactérias fungos.
Isso significa que não adianta apenas escovar os dentes muito bem. Manter a escova limpa é essencial.
Condutas como, uma boa escovação, uma escova em boas condições, a correta utilização do fio dental e o uso periódico do enxaguante bucal são hábitos aceitáveis para conservamos um belo e saudável sorriso.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Morpheus - Anestesia Sem Dor


Um dos fatores que afastam o paciente do consultório é o medo da anestesia.
E o MORPHEUS, um inovador injetor de anestésico que mudou a concepção em anestesia no ramo odontológico, chegou para acabar com esse medo.
Com técnicas avançadas, o Morpheus oferece anestesia indolor, com menos toxidade e maior segurança.
Por se tratar de um sistema computadorizado, injeta no tecido ósseo com precisão, em doses 3x menores que o anestésico comum, reduzindo os efeitos colaterais. O equipamento identifica a velocidade que se injeta o anestésico para o tecido absorver completamente, assim não há dor na injeção e nem refluxo de anestésico (sem trauma no tecido).
A injeção da Anestesia se ajusta de forma equilibrada, restringindo a região aplicada, anestesiando somente o dente a ser tratado, de forma indolor, dura em média de 30 a 60 minutos, variando dependendo da dose e do tipo de anestésico.
A anestesia é local, não oferecendo perigo de ficar com a boca e língua dormentes, sem correr o risco de morder acidentalmente a língua insensível.
Essa anestesia é ideal para trabalhos protéticos, estéticos e cirúrgicos. 
Possui 9 Técnicas Anestésicas pré-programadas para atender a necessidade de cada paciente e trazer os benefícios de uma anestesia sem dor e mais segura para todo tipo de procedimento odontológico.
O Morpheus proporciona um conforto que não era viável com métodos anestésicos tradicionais.

fonte: https://www.meibachtech.com/morpheus/

quinta-feira, 29 de junho de 2017

INGESTÃO DE FLÚOR E OS RISCOS DE FLUOROSE

A ingestão crônica e excessiva de fluor por crianças com menos de 4 anos de idade pode aumentar os riscos de Flourose, o disturbio ocorre na formação dos dentes permanentes causado pela ingestão excessiva de flúor nos primeiros anos de vida. O uso de creme dental fluoretado somado a outras fontes de flúor como água fluoretada, medicamentos e alimentos, podem causar a doença.
A patologia é caracterizada por manchas que vão da cor branca até o marrom escuro, podendo também apresentar cavitações, mais de 70% dos casos de fluorose são causados por ingestão de pasta de dente com alto teor de flúor, 80 % dos cremes dentais é engolido durante a escovação por crianças de até 5 anos.
É importante que os pais observem o conteúdo de fluor presente nos cremes dentais que dão a seus filhos, para crianças de até cinco anos o ideal é utilizar cremes dentais infantis com baixa quantidade ou sem flúor, em virtude da dificuldade do controle da ingestão do creme dental. E toda a escovação deve ser supervisionada por um adulto, o dentista pode orientar os pais sobre qual creme dental usar de acordo com o risco à cárie de cada criança.

As mães devem visitar seus dentistas durante a gestação para que recebam informações sobre a higiene oral de seus filhos, desde o nascimento é recomendável consultas odontológicas para as crianças, esse esclarecimento pode diminiur o risco de contaminação das crianças pela doença cárie, que na maioria das vezes é transmitida        por familiares ou cuidadores. A diminuição do risco á cárie, diminiu a necessidade da utilização de cremes dentais fluoretados em crianças menores de 5 anos, atenuando o risco de fluorose por ingestão de creme dental.

PRÓTESE DENTÁRIA TIPO PROTOCOLO BRÄNEMARK


A prótese tipo protocolo Bränemark consiste na reabilitação total de pacientes que perderam seus dentes há muitos anos e que possuem sua parte óssea prejudicada. A técnica do médico ortopedista sueco, Per-Ingvar Bränemark, teve início nos anos 60, mas em 1969 ela foi otimizada para próteses fixas.
tratamento de Bränemark é dividido em duas etapas: cirúrgica e protética, com intervalos de quatro a seis meses para mandíbula e maxila. Mas, atualmente com os avanços alcançados pela odontologia é possível realizar a implantação e a instalação da prótese em até 72 horas.
Primeiramente, são instalados quatro, cinco ou seis implantes, que ficam em repouso durante quatro meses e a partir daí servem como sustentação para uma prótese fixa.  Sobre esses implantes os pilares são aparafusados e em cima deles, a prótese, que é feita a partir de uma barra metálica onde os dentes acrílicos ou de porcelana são fixados.
Com este tratamento os pacientes substituem suas dentaduras (próteses totais), próteses parciais removíveis e Roach por próteses fixas sobre implantes dentários. A capacidade fonética, a mastigação e deglutição melhoram, proporcionando uma melhor qualidade de vida, devolvendo aos pacientes, que têm vergonha de seu sorriso ou problemas com a autoestima, por causa da perda de seus dentes, a vontade de sorrir novamente.